Total de visualizações de página

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

DÚVIDAS FREQUENTES

1) Qual é a técnica mais utilizada em cirurgia bariátrica?
É a gastroplastia com “by-pass” em y de Roux, Técnica de Higa ou Fobi Capella por videolaparoscopia.

2) Existe a melhor técnica operatória?
A técnica escolhida deve considerar alguns fatores como: perfil dietético e psicológico do paciente, risco cirúrgico, ou seja, devemos considerar cada paciente como único e ainda assim devemos compartilhar com ele a técnica a ser escolhida.
3) Todo o paciente emagrece igual?
Não. O sucesso da cirurgia não se dá em cima do peso ideal e sim sobre a perda de 50% ou mais do excesso de peso, e o sucesso ocorre em torno de 95% dos casos. O que determina a perda de peso é o acompanhamento pós-operatório e o engajamento do paciente. E com certeza a perda de peso irá ocorrer, porém você tem que auxiliar a cirurgia.

4) Quais as vantagens da realização da cirurgia por vídeo?

São inúmeras as vantagens para o paciente. Devendo destacar: menor incidência de complicações relacionadas à parede abdominal (seromas, infecções e hérnias incisionais), retorno rápido às atividades laborativas, menor dor, menor incidência de complicações pulmonares e melhor resultado estético.

5) Como é a anestesia?

Na cirurgia por vídeo a anestesia é geral.

6) Quantos dias ficarei internado?

Os pacientes permanecem no hospital em torno de 24 a 48 horas.

7) Irei para a UTI?
Não. Poucos precisam ir para a UTI no pós-operatório, a maioria vai direto para o quarto.

8) Existe risco na cirurgia bariátrica?
Sim. Toda cirurgia tem risco e a cirurgia bariátrica é uma cirurgia de grande porte, portanto apresenta alguns riscos tais como: embolia, atelectasia, fístulas, peritonites, hérnia incisional, obstrução intestinal, entre outras.

9) De que tamanho ficará meu novo estômago?
O novo reservatório gástrico, na cirurgia de Higa ficará em torno de 30 ml, enquanto na de Capella será um pouco maior, 50 ml.

10) Após a fase de adaptação alimentar, poderei comer qualquer tipo de alimento?

Sim. Entretanto, devemos sempre alertar para a nova realidade, aonde o maior aliado será uma mastigação lenta e efetiva dos alimentos.

11) De que são feitos os grampos utilizados no estômago?

São feitos de material inerte, Titânio. Permanecem indefinidamente no paciente.

12) Como é a perda de peso após a cirurgia?

A perda de peso é maior nos primeiros três meses e mantém-se de forma importante até seis meses. Em geral com um ano ou pouco mais ocorre a estabilização do peso. Pacientes que praticam atividades físicas regulares perdem mais peso que os sedentários.

13) Mulheres operadas de obesidade mórbida podem engravidar?

Sim. Solicitamos às doentes que evitem gestação no período de emagrecimento mais importante (12 a 18 meses).

14) Em relação às atividades físicas, o que posso fazer?

Após os primeiros 20 dias da cirurgia o paciente já estará liberado para fazer caminhadas, hidroginástica, entre outras atividades. Desenvolva atividades físicas regulares progressivamente, pacientes que realizam atividades físicas no pós-operatório emagrecem mais e com mais saúde.

15) Quanto tempo demora o preparo pré-operatório?
É variável, de um mês a alguns meses, depende de paciente para paciente.

Fonte: http://www.drmarciolucas.med.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário